Arte, a cura para o stress?

Hoje em dia todos nós reconhecemos o valor da arte na nossa vida. Neste artigo queremos mostrar o verdadeiro valor da arte, os seus efeitos positivos na nossa disposição e o seu potencial para ajudar a melhorar a nossa saúde física e mental.


Sendo artista com 20+ anos de experiência em artes plásticas quero partilhar com vocês a minha história e apresentar o método que criei para ajudar os outros não só a encontrar uma nova paixão e passatempo único, mas também a libertar a sua criatividade e eliminar o stress. Mas antes disso, querem saber um pouco mais como é que a arte começou a ser ligada com a saúde e como nasceu o termo “arteterapia”?

_MG_9980.jpg

O que é “arteterapia”?

A palavra “arteterapia” envolve terapia com artes com objetivo de influenciar positivamente o estado psicoemocional. Apesar do facto que a “arteterapia” em alguns países é considerada como uma área de medicina, eu, sendo um artista, convido vocês a descobrirem um bocadinho mais sobre o assunto, para perceber como arte pode ser útil no dia a dia.

História

O termo "arteterapia" foi criado pelo pintor Adrian Hill em 1938 que começou a aplicar a terapia da arte nos hospitais. Mais tarde esses métodos foram utilizados por todo mundo e nos Estados Unidos até usavam arteterapia para trabalhar com as crianças que foram resgatadas dos campos de concentração nazistas depois da Segunda Guerra Mundial. Devido aos resultados extraordinários em vários países foram criadas as Associações de Arte Terapêutica.

Como funciona?

O principal objetivo da arteterapia é harmonizar o estado mental através do desenvolvimento da capacidade de auto expressão e autoconhecimento. Isso torna-se possível devido ao facto que podemos usar qualquer forma de arte (pintura, escultura, dança, música, etc.) para expressar e explorar simbolicamente uma variedade de sentimentos e emoções: amor, ódio, ressentimento, raiva, medo, alegria.

Do ponto de vista da psicanálise, o principal mecanismo da arteterapia é a sublimação.


Também já foi comprovado que o processo artístico estimula a criação de novos caminhos neurais no cérebro que melhoram a sensação geral de bem-estar, previnem a depressão e até mesmo retardam o envelhecimento.


Isso é o que dizem os médicos e psicólogos, mas eu, sendo artista, gostaria de partilhar o meu ponto de vista pessoal. Uma coisa que posso garantir é que durante a criação de uma obra de arte não é possível pensar sobre os seus problemas e dificuldades da vida. Muitas pessoas que já tentaram meditar reclamam que não conseguem concentrar-se e “limpar a mente” dos problemas e pensamentos negativos. Mas no caso da criação da arte de texturas (que vou falar mais tarde) você não vai conseguir pensar em nada mais, menos no processo. Ou seja, criando a sua pintura de forma natural vai entrar naquele estado de leveza e “mente vazia" que muitas pessoas procuram em yoga e meditações, mas nem sempre alcançam.


Resumindo. De acordo com médicos e cientistas, o processo de criação de arte ajuda a processar sentimentos e traumas, além de reduzir o stress e a ansiedade. Mas sem aprofundar na medicina como artista eu confirmo que a criação de arte nos permite estar no momento, organizar as ideias e transformar não só os materiais que usamos mas também as nossas mentes.

A minha própria experiência

Desde pequeno que sou uma pessoa muito sensível e a arte sempre foi o meu escape dos ambientes negativos. Discussões, confusões e alvoroços afetavam-me mais do que ás outras pessoas mas quando desenhava, pintava ou esculpia todo esse barulho passava para segundo plano enquanto eu criava algo novo e a própria criação tornava-se o meu mundo.


Descobri que na criação de arte o próprio processo torna-se objeto de contemplação. O risco, a pincelada e a modelação de uma textura são em si uma expressão de imensurável graciosidade e elegância que posso contemplar no momento em que acontece.


Durante a criação de obras texturais para os meus clientes, a minha mulher achou interessante o processo e quis experimentar criar texturas. Tendo um trabalho muito stressante, ligado à comunicação com muitas pessoas, cada dia ela ficava ansiosa e não sabia como se libertar de situações stressantes que de vez em quando acontecem com cada um de nós. Ela já experimentou yoga, meditação entre muitas outras coisas e nada resultou de forma perfeita. Qual foi a surpresa quando depois de fazer uma textura, ela pediu para fazer outra e outra, dizendo que finalmente consegui “esquecer sobre os problemas e limpar a mente”. Assim, descobri que a arte textural não é apenas um estilo moderno de arte abstrata, mas também é um processo que pode ajudar muitas pessoas a serem criativas e libertar o stress.

yulia workshop.jpg

O que é a Arte Textural?

A pasta de modelação é um material excecional  que para além de ser extraordinariamente versátil permite fazer e refazer as texturas durante bastante tempo sem perder as suas propriedades plásticas.
É a fusão entre pintura e escultura e depois de seco pode ser não só contemplado mas também sentido com as mãos. A visão e o toque encontram um lugar para dialogar nestas peças de arte textural.

Arte da textura – a minha forma de libertar a criatividade e reduzir o stress

Nos meus workshops vocês vão criar as suas obras texturais originais, durante o processo vão sentir como é serem criativos ao mesmo tempo que reduzem o stress e mais tarde estas pinturas vão alegrar a sua casa ou até podem se tornar uma prenda para alguém especial.

Quero apontar algumas vantagens do workshop de arte textural:


1. Não há erros.
Você não pode errar criando texturas, o que é especialmente importante se você é perfeccionista ou tem medo de errar. Se você não gostar do resultado, basta só passar a espátula e começar a criar de novo.

Isto é uma vantagem deste processo que não é possível com tintas, óleo, lápis e outros meios.


2. Aproveite o processo criativo ao máximo.
Neste workshop eu vou explicar e apresentar as técnicas básicas e instrumentos, mostrando vários tipos de textura e várias formas de as criar. Depois disso você terá total liberdade para criar a peça que só você pode fazer. Aqui não há regras, não há restrições ou passos que você tem que seguir. Por isso você vai poder aproveitar o processo criativo ao máximo, pode ouvir música relaxante ou falar com seus amigos, colegas ou parentes - aqui nada pode nos atrapalhar e eu vou estar sempre ao lado para ajudar caso seja necessário. Também vou fornecer todo o material necessário (como luvas, aventais, etc.) para garantir que o workshop não vai estragar a sua roupa e o seu estado de espírito positivo.


3. Leve a pintura para casa.
O preço de algumas pinturas texturais podem atingir dezenas de milhares de euros, dependendo do tamanho ou complexidade. A arte textural está na moda e é procurada por todo o mundo, mas você vai poder levar a sua pintura para casa (ou receber por correio) depois de secar, sem custos adicionais.

Reduza o stress, liberte a criatividade, receba emoções positivas durante o workshop e no fim leve a sua obra de arte consigo.


4. Todos podem participar.
A arte textural não tem limites e qualquer pessoa, independentemente da idade, condição de saúde e nível de preparação pode participar. Lembrem-se que aqui não há erros, por isso todos são bem-vindos.


 

Crie comigo!

Sou o primeiro e neste momento o único artista em Portugal que está a criar workshops de arte textural.

Porque faço isso?

Porque acredito que a arte pode mudar a vida, pode dar emoções positivas e reduzir o stress que não podemos evitar no nosso dia-a-dia. Sim, nós não podemos evitar o stress, mas eu convido vocês a transformá-lo em algo belo e único. Liberte a sua criatividade e crie uma obra de arte textural comigo!

Aceita o convite?